Oi, sou Mar, e você está lendo as minhas opiniões sobre a vida o universo e tudo mais :)

quinta-feira, 10 de julho de 2008

Olhando o que anda ocorrendo pelo Brasil, me paro nessa noticia (http://www.brasilwiki.com.br/noticia.php?id_noticia=6073) que fala sobre o pronunciamento do presidente do supremo que falou que foi exagero algemar dantas, celso pita e cia ltda (esse pessoal não merece letra maiuscula no nome), quem viu jornal Nacional ontem(09/07/08) deve ter visto a reportagem que falava sobre as prisões. Bah, o cara tava com um milhão em dinheiro em casa, é bastante dinheiro para se guardar debaixo do colchão... Para quem não ta muito por dentro, esse pessoal eles tiravam dinheiro do Brasil, enviavam para paraisos fiscais, e investiam (bolsa de valores) aqui no Brasil, como o dinheiro era de fora, não precisavam pagar inposto de renda, lugraram 600milhoes de reais, se fosse dinheiro interno teriam que ter pago de imposto de renda algo em torno de 60milhoes oO, da pra fazer muita escola com isso. Eles são tão cara de pau que criaram uma empresa pra aqui no Brasil, para empresas de fora investirem aqu ino Brasil...
Bueno, e o carinha lá vem dizer que foi demais algema os caras??? Pô, porque eles vão ter tratamento diferente? só porque são ricos? ricos com dinheiro roubado, acho que não é assim, porque ele não se pronunciou dizendo que era demais descarrega um revolver em um carro porque achavam que tavam atirando neles? sendo que quem atirava estava em outro local, o carro estava no meio do fogo cruzado... tem coisas que não intendo.

Guilherme Mar
O mais loco deles tudo!


Um comentário:

Rodrigo Moraes disse...

JUSTIÇA- Definição: Igualdade á todos!
Pois é! Com um conceito tão simples, temos hoje em dia uma interpretação de leis que fazem que "fazendo justiça se julgue ou se absolve injustamente".
O fato é que "justiça" seria se todo crime contra o dinhero público (que nos é extraído sem misericórdia em "contribuições") fosse de prisão inafiançável, e mais, deveria ser hediondo, mas não faz parte da definição do Peculato( crime contra a administração geral, de apropriação ou desvio de valores ou bens). Mas o debate nos questiona o uso de algemas. Para mim, "justiça" seria se todo detento pagasse pelos seus crimes , e ao invés de ficar mofando numa prisão, fosse varrer as ruas, limpar as pichações, mas isso ocuparia muita gente para fiscalizar, e para evitar fugas. E o uso de algemas no meu ver, só se faz necessária quando o detento representa perigo, porém, se todos os presos são submetidos ás algemas, então é "justo" que se use algemas este senhor "Dantas", e todos os outros também, porém, como quase tudo nesse país, uma minoria desfruta de regalias, ou amenizações nas penas, enquanto lastimavelmente não é novidade um preso que roubou uma galinha para alimentar uma família, divide a prisão com assassinos em série, traficantes, entre outros, por anos, á espera de julgamento.
E com despesas desnecessárias, poderia ser investido na segurança, com o treinamento de policiais, o que poderia ter evitado esse incidente com o carro da família inocente.

Pois é! Brasil: O país da "própria justiça"!

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails