Oi, sou Mar, e você está lendo as minhas opiniões sobre a vida o universo e tudo mais :)

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Um mate no parcão!

Neste sábado que passou agora (21/02) um dia lindo, que pedia para se tomar um belo de um mate no brick da redenção, decidimos ( eu e meu amigo Rodrigo, um grande amigo para agitos culturais e outras indiadas ) decidimos ir tomar um mate no Parque Moinhos de Vento ( popularmente conhecido como parcão). Um parque na zona norte de Porto Alegre, no bairro Moinhos de Vento, sendo este parque criado em 1972 [1][2][3].

O parque não
é muito grande, possuindo ele aproximadamente 12 Hectares [1][2][3] é possível caminhar toda volta do parque em aproximadamente 20 minutos. E foi caminhando pela volta do parque que começamos a conhece-lo, era cedo e ali se encontravam muitas pessoas correndo, caminhando, fazendo exercícios físicos, e um grupo de pessoas praticando Yôga. Caminhando notamos que o parque é muito bem cuidado, tendo a Cia Zaffari e o Hospital Moinhos de Vento adotado o parque, e mantendo ali dois jardineiros responsáveis pelo parque. A limpeza do parque é um exemplo, muito pouca sujeira se via, e provavelmente de alguma pessoa não muito educada que recentemente passou no local. Caminhando pelo parque vimos algumas pessoas lendo, outras conversando, gente que nota-se ser freqüentadores assíduos do parque, imagino que moradores dos prédios que tem em volta. Continuamos nossa caminhada, passando pelo lago artificial, que havia muitas tartarugas a cágados, vendo os cágados inclusive me lembrei do inusitado de um deles atacando uma pomba [4].

Seguindo a caminhada passamos por um Playground destinado a crianças, e logo depois um monumento. Tratava-se de um monumento ao Presidente Castelo Branco [5]. De primeira olhada, este monumento lembra muito o Monumento aos Açorianos [6] localizado no centro da cidade. Mas basta dar uma melhor, e repara-se que lembra pessoas com escudo, talvez represente os soldados do golpe militar ocorrido em 1964 [7] no qual o presidente Castelo Branco foi o primeiro presidente deste regime.

Continuando
a caminhada, já com a agua da térmica pela metade continuamos nossa caminhada, passamos perto da passarela que cruza a Av Goethe, e a procura da principal atração do parque, um Moinho de vento, uma réplica dos antigos moinhos açorianos que haviam antigamente na região [3]. Sem muito esforço ele foi encontrado, por ser final se semana estava fechado, mas vimos que no interior do moinho se encontra a Biblioteca infantil ecológica Maria Dinorah.

Tendo nós olhando todo o parque, e já cansados de caminhas, decidimos dar uma cam
inhada, Todos os bancos estavam com seus acentos molhados, por causa da chuva da noite, então a saída foi sentar nos encostos com os pé nos acentos. Ficamos um tempo ali, conversando sobre o parque e olhando o lago artificial. Não muito tempo se passa, um guarda vem nos solicitar que sentássemos direito, na hora obedecemos, e ele muito educado nos pede desculpas por nos incomodar e nos explica que é necessário, para evitar que vire bagunça. Agradeci a educação, e oferecemo um mate, não é sempre que encontra um guarda tão educado. Ficamos um tempo conversando, é uma pessoa muito simpática, e bastante comunicativa, com muitas histórias para contar. Com ele ficamos sabendo que as vezes é necessário retirar os peixes e tartarugas por haver superpopulação. Que alguns anos atrás o moinho foi invadido por vândalos, e que ele mesmo correu os caras a machadada. Uma pessoa com muitas historias para contar. Um novo amigo que conhecemos ( graças a um ato errado, de ficar sentado no encosto do banco).

Após um bom aprendizado com o nosso novo amigo, seguimos em direção ao carro, para voltarmos, mas na volta meu amigo localizou um busto, não poderíamos sair sem antes ver quem era o homenageado. José Antônio Daudt, um radialista muito polemico em sua época, eleito em 1986 deputado estadual com quase 30 mil votos. Assassinado no portão de sua casa. Um caso que chocou a população na época, sendo conhecido como Caso Daudt. [8][9][10].

E quando estávamos indo embora, saindo da Av. Mostardeiro entrando na Av Goethe, meu amigo encontra mais um busto, o Busto do próprio escritor alemão Johann Wolfgang von Goethe [11]. Bem o parque mesmo pequeno nos deixou com um gostinho de quero mais com seu grande valor cultural e este busto que ficou para trás...


Referencias:

[1] http://www2.portoalegre.rs.gov.br/infocidade/default.php?p_secao=29
[2] http://pt.wikipedia.org/wiki/Parque_moinhos_de_vento
[3] http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smam/default.php?p_secao=53
[4] http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&newsID=a2377379.xml
[5] http://pt.wikipedia.org/wiki/Humberto_de_Alencar_Castelo_Branco
[6] http://pt.wikipedia.org/wiki/Monumento_aos_a%C3%A7orianos
[7] http://pt.wikipedia.org/wiki/Golpe_Militar_de_1964
[8] http://www.clicerechim.com.br/articulistas-opiniao-francisco-basso-dias-07-12-2007.htm
[9] http://www.clicrbs.com.br/blog/jsp/default.jsp?source=DYNAMIC,blog.BlogDataServer,getBlog&uf=1&local=1&template=3948.dwt&section=Blogs&post=72144&blog=219&coldir=1&topo=3951.dwt
[10] http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default.jsp?uf=1&local=1&section=Geral&newsID=a1918116.xml
[11] http://pt.wikipedia.org/wiki/Goethe

3 comentários:

GabrieLLa disse...

guiii...vc eh um poço de historia..hahaha ja fui varias vezes ali ja vi essas esculturas...bustos..e afins...e ja vi varias pessoas sentadas no encosto....mas pelo menos ele era simpatico com vcs!!!!
podia ter me convidado :/..hehhehehehehhe....
bjjjj

Rodrigo Moraes disse...

Não tem como negar as origens na hora de elogiar este blog: "TRI LEGAL, TCHÊ!"
Tri porque em primeiro lugar pelo layout utilizado, com as referências com os links junto ao texto abordado, segundo pois tem referências mito relevantes sobre o tema abordade, (não sendo apenas links anexos), e terceiro, porque eu estava junto!!! (risos)

Resumindo: O guri tá se puxando, e os leitores adorando!

p.s: E não era só um guarda municipal, teva se formando pela segunda vez e é proprietário de uma pequena imobiliária. (Palavras do mencionado!) (hehe)

Um abraço, e passa o mate!

Rosangela Scheid disse...

Nossa... Fiquei até curiosa pra ir até o Parcão!!! Adorei as observações históricas!!
Com tempo vou olhando os links!
Bjokas

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails